quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018




Matriz Pônei: Densidade, tipos de contorno e economia de pontos


Olá pessoal!



Voltamos depois de um período de férias, e trouxemos hoje pra vocês uma matriz que desenvolvemos esses dias, da qual queremos destacar alguns detalhes. Começando pelo sombreamento em ponto tatami espalhado pelo corpo do pônei. Ele tem uma densidade  bem menor que o que normalmente se usa em objetos de ponto tatami e isso foi proposital, pois a intenção é que  ele funcione como um realce no fundo branco não cobrindo totalmente ele mas apenas agindo como uma sombra.. Então deixa-se ele ralo para criar esse efeito.
Outra coisa importante é o contorno de ponto corrido. Esse tipo de ponto pode ser só uma costura ou reforçado pra ficar mais grosso, dependendo da necessidade. Se no seu projeto for necessário deixá-lo mais reforçado e você utilizar o ponto corrido triplo, poderá se utilizar dos recursos do wilcom para agrupar todas as partes do contorno num só objeto, com linhas de ligação que passam por baixo do próprio contorno, evitando assim muitos saltos. Porém um problema ocorre ao tentar fazer a mesma coisa em um grupo de contornos de ponto corrido uno. Como ele tem apenas uma passada acaba deixando aparecer as linhas de ligação, pois o lugar onde elas passam fica mais grosso, comprometendo o resultado final.O ponto corrido uno não consegue cobrir as linhas que passam embaixo. Nesse caso o único jeito é fazer separadamente cada pedacinho do contorno e ordenar o sequenciamento manualmente, procurando evitar ao máximo os saltos.  Então se o tamanho da matriz permitir usar ponto corrido triplo, use, pois as configurações serão mais fáceis de se fazer.
Por fim temos o fundo branco. Não sei se perceberam mas ele é vazado, o que economiza muitos pontos, pois objetos de fundo assim, chapado,  geralmente são em tatami e esse é o tipo de ponto que mais gasta linha. Se o tecido onde a matriz vai ser bordada combinar com as cores do pônei não hesitem em deixar vazado, a qualidade da matriz não é comprometida em nada e vocês economizarão bastante linha. Outra alternativa é usar um aplique de tecido para preencher; é possível e bastante simples de se fazer numa matriz como essa, e a deixará ainda mais bonita, dependendo do tipo de tecido que vocês usarem. Se for um tecido com textura tátil como uma pelúcia, por exemplo, vai ficar incrível! vocês poderão criar um efeito realista dos pelos do animal e ao mesmo tempo economizar pontos. A criatividade é de vocês, experimentem tipos de tecido diferentes, podem criar peças fantásticas com materiais diferentes de aplique.
Se tiverem um bom domínio do programa de bordados conseguirão fazer essa matriz e ainda incrementá-la e personalizá-la, dando-lhe um ar novo a cada experimento e perceberão que cada vez mais novas combinações e ideias surgirão.

Em breve voltaremos com mais conteúdo para vocês!


Nenhum comentário:

Postar um comentário