quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018


Wilcom x Windows - Problemas na instalação




Tem havido muitos problemas com parceiros meus que não conseguem instalar o Wilcom E2 nos seus computadores que possuem o sistema operacional Windows 10, ou que conseguem mas depois de um tempo ele trava e não funciona mais. Se esse é o seu caso leia o texto abaixo, talvez ele possa ajudar você a resolver sua situação.


“Qual o melhor Wilcom para o meu computador?”
 

Vou responder essa pergunta com outra pergunta: Qual o seu Windows? O sistema operacional tem sido determinante na instalação do wilcom ultimamente. Falando especificamente do Wilcom Embroidery E2 posso dizer que tentei instalar ele nos Windows 10, 8.1 e 7. No 10 eu não consegui instalar; os caminhos mostrados no vídeo tutorial  simplesmente não existiam no meu sistema. Então parti para testar no Windows 8.1 onde consegui instalar de primeira e funcionou muito bem, porém o programa auxiliar chamado Design Workflow não funcionou, ele até abre mas não executa corretamente suas funções. Isso porque o Windows 8 não aceita a atualização que é necessária (Após a instalação) para que ele funcione corretamente. Então tentei instalar no Windows 7 ultimate onde consegui instalar com êxito o Wilcom e a atualização que permite o funcionamento do Design workflow.

Essa é a realidade quanto ao Wilcom E2. Mas você pode tentar instalar o Wilcom E1.5 ou Wilcom 2006 e obter resultados diferentes. É possível que eles funcionem no Windows 10, onde o E2 parece que não funciona, ou não funciona permanentemente (Há relatos de pessoas que conseguiram instalar no 10 mas depois ele travou e não abriu mais), porém você terá alguns inconvenientes como a questão da versão. Por exemplo, se você receber alguma matriz feita no Wilcom E2 não poderá abrir no E1.5. Tem também o fato de que quanto mais recente a versão mais ferramentas novas o programa tem, o que o deixa em vantagem em relação as versões anteriores. Pode acontecer de você receber uma matriz feita num tipo de ponto que só existe na versão mais recente e ficar sem saber como reproduzir aquele ponto porque no seu programa ele simplesmente não existe.
 
“Então como escolher?”

Avalie o que você pretende fazer.  Se sua produção é simples, não exige o que há de mais novo em técnicas de bordados computadorizados, ou você tem um trabalho mais artesanal ou mais por hobby, poderá usar as versões mais antigas, como o Wilcom 2006 sem problemas. Elas funcionam bem e existe a possibilidade de que instalem no Windows 10 e 8.1 (faremos testes para comprovar isso e postaremos aqui no blog futuramente). Mas se você é alguém que presta serviço a diversas empresas e precisa estar sempre por dentro das mais recentes ferramentas do wilcom para atender aos mais variados pedidos que chegam, então precisa usar a versão mais recente, o Wilcom E2. Nesse caso terá que abrir mão das versões mais novas do sistema Windows (conforme expliquei no primeiro parágrafo, ou arriscar instalar nelas e talvez conseguir, mas não é garantido) e usar o Windows 7 ultimate.
Há casos de pessoas que possuem dois computadores e reservaram um deles apenas para trabalhar com o Wilcom E2, instalando o sistema Windows 7 e deixando o outro pc com o Windows 10 para suas outras necessidades. Se esse é seu caso você pode adotar essa estratégia. Mas se você possui apenas um computador então terá de escolher entre sistema operacional recente ou Wilcom recente, pois a impressão que tenho é que pelo menos por enquanto não dá pra ter os dois.
Isso provavelmente é culpa das constantes atualizações do Windows 10, pois como falei acima existem relatos de algumas pessoas que conseguiram instalar o wilcom E2 no Windows 10, mas depois ele travou. Então fica difícil saber como dar um jeito de instalar e também de impedir que o programa trave depois de algum tempo. Se você precisa do Wilcom mais recente e não quer ficar tendo constantes dores de cabeça com instalação e reinstalação do programa vale a pena abrir mão de um sistema operacional mais bonito por um que seja mais funcional, no caso o 7 ultimate.
Voltaremos a falar desse assunto depois conforme fizermos mais testes. Por hora espero que essas dicas tenham ajudado você a ter um melhor desempenho e menos dor de cabeça com a instalação do Wilcom. Em breve voltaremos com mais conteúdo pessoal!






Nenhum comentário:

Postar um comentário